As tendências do fim de semana do SuperJogos, as SuperPicks para apostas futebolísticas do mundo inteiro estão aqui, com dicas de apostas com foco maior no futebol europeu, mas sem esquecer da “periferia do futebol”. Alguns como fortes barbadas, outros com total atenção as surpresas, e que merecem o nosso cuidado na hora de apostar. Essas são as maiores tendências, o que não significa que elas vão se concretizar, afinal, falamos de um dos esportes mais traiçoeiros e imprevisíveis do mundo.

Aqui falamos dos 10 dos jogos para cada tipo de mercado, sejam resultado final, dupla possibilidade, over 2.5 e under 2.5, acima de 8.5 escanteios, se ambas as equipes marcarão gols, se acontecerá gol no primeiro tempo, e quem marcará o gol. As dicas dentro das linhas podem ser reutilizadas em outras, caso você prefira. Há sempre múltiplas opções no mercado de apostas.

Lembrando que as linhas padrão do SuperJogos com relação a futebol consistem sempre em 2.5 para gols e 8.5 para escanteios, agora “rebaixadas” para manter um nível mais justo com relação aos tiros de canto.

RESULTADO FINAL

  1. Monaco-Montpellier: Apostamos na vitória do Monaco, pois além de vir de duas vitórias consecutivas, enfrenta um Montpellier que venceu apenas 1 dos seus últimos 12 jogos fora de casa pela Ligue 1.
  2. Denizlispor-Kayserispor: Apostamos na vitória do Denizlispor, pois apesar dos dois empates recentes, enfrenta um Kayserispor que perdeu seus últimos 9 jogos pela Superlig turca, e pode ser o caminho para reencontrar as vitórias.
  3. Ajax-RKC: Apostamos na vitória do Ajax, pois venceu 18 dos seus últimos 19 jogos na Johan Cruijff Arena pela Eredivisie, e enfrenta um RKC que além de lanterna do campeonato, não vence há 4 jogos na competição.
  4. Rangers-Livingston: Apostamos na vitória do Rangers, pois além da boa campanha na Premiership escocesa, venceu 13 dos seus 14 últimos jogos diante do Livingston no Ibrox Stadium, sua casa. 
  5. Norwich-Liverpool: Apostamos na vitória do Liverpool, pois está invicto no campeonato e há 42 jogos na Premier League inglesa, contra um Norwich que só venceu 1 dos seus últimos 12 jogos na liga.
  6. Olympiakos-Panionios: Apostamos na vitória do Olympiakos, pois está invicto no campeonato e há 33 jogos na Superleague grega, contra um Panionios que perdeu seus 6 últimos jogos no campeonato.
  7. Ferencvaros-Fehervar FC: Apostamos na vitória do Ferencvaros, pois está invicto no campeonato e há 43 jogos na liga húngara, apesar do Fehervar ser o vice-líder da competição e estar invicto há 11 jogos fora de casa.
  8. Club Brugge-Waasland-Beveren: Apostamos na vitória do Club Brugge, pois venceu seus últimos 6 jogos em casa na Jupiler League belga, e enfrenta um Wassland-Beveren que perdeu seus últimos 3 jogos fora de casa no campeonato.
  9. Juventus-Brescia: Apostamos na vitória da Juventus, pois está invicta em seus 32 últimos jogos em casa pela Serie A, e venceu seus últimos 6 confrontos diante do Brescia no campeonato, enquanto o Brescia não vence há 8 jogos na liga.
  10. Leipzig-Werder Bremen: Apostamos na vitória do Leipzig, pois perdeu apenas 1 dos seus últimos 12 jogos no campeonato, e venceu os últimos 4 confrontos diretos diante do Werder Bremen, que perdeu 7 dos seus últimos 8 jogos na Bundesliga. 

DUPLA POSSIBILIDADE

  1. Salzburg-LASK Linz: Apostamos no favoritismo do Red Bull Salzburg, pois venceu 13 dos seus últimos 14 jogos na Bundesliga austríaca, porém enfrenta um LASK Linz que venceu seus últimos 10 jogos como visitante na competição.
  2. Barcelona-Getafe: Apostamos no favoritismo do Barcelona, pois venceu 17 de suas últimas 18 partidas no Camp Nou por La Liga, apesar de enfrentar um Getafe em ótima fase no Campeonato Espanhol e no G4 do campeonato.
  3. Bologna-Genoa: Apostamos no favoritismo do Bologna, pois enfrenta um Genoa que não vence há 21 jogos como visitante, desde a temporada 2017–18, enquanto o Bologna venceu seus 3 últimos jogos no campeonato, porém, o Genoa pode ser perigoso.
  4. CFR Cluj-Viitorul Constanta: Apostamos no favoritismo do CFR Cluj, pois venceu seus últimos 11 jogos em casa pelo Campeonato Romeno, contra um Viitorul Constanta que pode surpreender.
  5. Istanbul Basaksehir-Besiktas: Apostamos no favoritismo do Istanbul Basaksehir, pois perdeu apenas 1 dos seus últimos 19 jogos na Superlig turca, e contra um Besiktas que só venceu 1 dos seus últimos 6 jogos como visitante, mas que pode ser perigoso.
  6. Benfica-Braga: Apostamos no favoritismo do Benfica, pois além de líder do Português, venceu 13 dos seus últimos 14 jogos diante do Braga, que não pode ser favas contadas pois venceu seus 3 últimos jogos como visitante no campeonato. 
  7. Arsenal-Newcastle: Apostamos no favoritismo do Arsenal, pois além de estar invicto em 2020, venceu 13 dos últimos 14 jogos diante do Newcastle, porém empatou seus últimos 4 jogos no campeonato, o que pode ser bom para os magpies.
  8. Central Córdoba-Boca Juniors: Apostamos no favoritismo do Boca Juniors, pois vem de 3 jogos de invencibilidade, e venceu o último jogo fora de casa, apesar do Central Córdoba ter 4 jogos invicto como mandante.
  9. Basel-FC Thun: Apostamos no favoritismo do Basel, pois apesar da campanha irregular no campeonato, enfrenta um FC Thun que perdeu 7 dos seus últimos 8 jogos na Super League suíça, um adversário no qual só perdeu 1 vez nos últimos 30 jogos.
  10. Colônia-Bayern: Apostamos no favoritismo do Bayern, pois venceu seus últimos 3 jogos como visitante, e 10 dos seus últimos 11 jogos contra o Colônia pela Bundesliga, mas o Colônia venceu seus últimos 4 jogos em casa, e pode ser perigoso.

OVER

  1. Atalanta-Roma: A escolha se justifica pois em 19 dos 23 jogos da Atalanta pela Serie A, aconteceram 3 gols ou mais (mais que 2.5) marcados na partida em questão.
  2. Salzburg-LASK Linz: A escolha se justifica pois em 15 dos 18 jogos do Salzburg pela Bundesliga austríaca, aconteceram 3 gols ou mais (mais que 2.5) marcados na partida em questão.
  3. Dortmund-Frankfurt: A escolha se justifica pois em 19 dos 21 jogos do Dortmund pela Bundesliga alemã, aconteceram 3 gols ou mais (mais que 2.5) marcados na partida em questão.
  4. Odense-Brondby: A escolha se justifica pois em 16 dos 20 jogos do Brondby pela liga dinamarquesa, aconteceram 3 gols ou mais (mais que 2.5) marcados na partida em questão.
  5. Mechelen-Anderlecht: A escolha se justifica pois em 18 dos 25 jogos do Mechelen pela liga belga, aconteceram 3 gols ou mais (mais que 2.5) marcados na partida em questão.
  6. Villarreal-Levante: A escolha se justifica pois em 17 dos 23 jogos do Villarreal pela liga espanhola, aconteceram 3 gols ou mais (mais que 2.5) marcados na partida em questão.
  7. Zwolle-Feyenoord: A escolha se justifica pois em 16 dos 22 jogos do Zwolle pela liga holandesa, aconteceram 3 gols ou mais (mais que 2.5) marcados na partida em questão.
  8. Luzern-St.Gallen: A escolha se justifica pois em 17 dos 21 jogos do St. Gallen pela Super League suíça, aconteceram 3 gols ou mais (mais que 2.5) marcados na partida em questão.
  9. Santos Laguna-Tigres: Em 20 dos 23 últimos jogos do Santos Laguna na Liga MX, contando o Apertura e o recém iniciado Clausura, aconteceram 3 gols ou mais (mais que 2.5) marcados na partida em questão.
  10. Colo-Colo-Universidad Católica: A escolha se justifica pois em todos os 5 jogos do Colo-Colo na temporada, aconteceram 3 gols ou mais (mais que 2.5) marcados na partida em questão.

UNDER

  1. Vitória de Setúbal-Gil Vicente: A escolha se justifica pois em 8 dos últimos 9 confrontos diretos entre Vitória de Setúbal e Gil Vicente na Liga Portuguesa, houve menos que 3 gols na partida (menos que 2.5).
  2. Mallorca-Alavés: A escolha se justifica pois nos últimos 6 confrontos diretos entre Mallorca e Alavés na Liga Espanhola, houve menos que 3 gols na partida (menos que 2.5).
  3. Lille-Marseille: A escolha se justifica pois nos últimos 6 jogos do Marseille fora de casa pela Ligue 1, houve menos que 3 gols na partida (menos que 2.5).
  4. Udinese-Verona: A escolha se justifica pois nos últimos 4 jogos do Verona fora de casa pela Serie A, houve menos que 3 gols marcados na partida (menos que 2.5).
  5. Rosario Central-Gimnasia La Plata: A escolha se justifica pois em 5 dos últimos 6 jogos do Gimnasia La Plata pela Superliga Argentina, houve menos que 3 gols na partida (menos que 2.5).
  6. Valencia-Atlético: A escolha se justifica pois em 17 dos últimos 20 jogos do Atlético de Madrid em La Liga, houve menos que 3 gols na partida (menos que 2.5).
  7. Reims-Rennes: A escolha se justifica pois em 7 dos últimos 8 jogos do Reims em casa pela Ligue 1, houve menos que 3 gols na partida (menos que 2.5).
  8. Boavista-Belenenses: A escolha se justifica pois nos últimos 12 confrontos diretos entre Boavista e Belenenses na Liga Portuguesa, houve menos que 3 gols na partida (menos que 2.5).
  9. Patriotas-Santa Fe: A escolha se justifica pois em 9 dos últimos 10 confrontos diretos entre Patriotas e Santa Fe na Liga Colombiana, houve menos que 3 gols na partida (menos que 2.5).
  10. Aris-AEK: A escolha se justifica pois nos últimos 4 jogos do Aris pela Superleague grega, houve menos que 3 gols marcados na partida (menos que 2.5).

BTTS (AMBOS MARCAM)

  1. Dortmund-Frankfurt: Na Bundesliga alemã, em 14 dos 21 jogos do Eintracht Frankfurt no atual campeonato, o time marcou e sofreu gols na mesma partida.
  2. Toulouse-Nice: Na Ligue 1 francesa, em 19 dos 24 jogos do Nice no atual campeonato, o time marcou e sofreu gols na mesma partida.
  3. Vitesse-Heerenveen: Na Eredivisie holandesa, em 17 dos 22 jogos do Heerenveen no atual campeonato, o time marcou e sofreu gols na mesma partida.
  4. Trabznospor-Sivasspor: Na Superlig turca, em 16 dos 21 jogos do Sivasspor no atual campeonato, o time marcou e sofreu gols na mesma partida.
  5. Villarreal-Levante: Em La Liga espanhola, em 17 dos 23 jogos do Villarreal no atual campeonato, o time marcou e sofreu gols na mesma partida.
  6. Cagliari-Napoli: Na Serie A italiana, em 16 dos 23 jogos do Napoli no atual campeonato, o time marcou e sofreu gols na mesma partida.
  7. Sion-Neuchatel Xamax: Na Super League suíça, em 15 dos 21 jogos do Sion no atual campeonato, o time marcou e sofreu gols na mesma partida.
  8. Inter Zapresic-Varazdin: No Campeonato Croata, em 15 dos 21 jogos do Inter Zapresic no atual campeonato, o time marcou e sofreu gols na mesma partida.
  9. Royal Antwerp-Charleroi: Na Jupiler League, o campeonato belga, em 18 dos 25 jogos do Royal Antwerp no atual campeonato, o time marcou e sofreu gols na mesma partida.
  10. Wellington Phoenix-Melbourne City: Na A-League australiana, em 12 dos 16 jogos do Wellington Phoenix no atual campeonato, o time marcou e sofreu gols na mesma partida.

GOL NO PRIMEIRO TEMPO

  1. Always Ready-San José: A escolha se explica porque em todos os 5 jogos do Always Ready na liga boliviana houve pelo menos um gol marcado na partida na primeira etapa.
  2. Kaposvar-Honved: A escolha se explica porque em 19 dos 20 jogos do Kaposvar na liga húngara houve pelo menos um gol marcado na partida na primeira etapa.
  3. Vitória de Guimarães-Porto: A escolha se explica porque em 19 dos 20 jogos do Porto na liga portuguesa houve pelo menos um gol marcado na partida na primeira etapa.
  4. Spartak Trnava-Slovan Bratislava: A escolha se explica porque em 17 dos 18 jogos do Spartak Trnava na liga eslovaca houve pelo menos um gol marcado na partida na primeira etapa.
  5. Aberdeen-Celtic: A escolha se explica porque em 24 dos 26 jogos do Celtic na Premiership escocesa houve pelo menos um gol marcado na partida na primeira etapa.
  6. Lazio-Inter: A escolha se explica porque em 21 dos 23 jogos da Lazio na Serie A italiana houve pelo menos um gol marcado na partida na primeira etapa.
  7. Colônia-Bayern: A escolha se explica porque em 18 dos 20 jogos do Colônia na Bundesliga alemã houve pelo menos um gol marcado na partida na primeira etapa.
  8. Black Leopards-Orlando Pirates: A escolha se explica porque em 18 dos 20 jogos do Black Leopards na liga sul-africana houve pelo menos um gol marcado na partida na primeira etapa.
  9. Chelsea-Man United: A escolha se explica porque em 22 dos 25 jogos do Manchester United na Premier League inglesa houve pelo menos um gol marcado na partida na primeira etapa.
  10. Sevilla-Espanyol: A escolha se explica porque em 19 dos 23 jogos do Espanyol na Liga espanhola houve pelo menos um gol marcado na partida na primeira etapa.

ESCANTEIOS (+8.5)

  1. Vitória de Guimarães-Porto: A escolha se explica por conta do alto índice de escanteios em jogos do Vitória de Guimarães na Primeira Liga portuguesa, com cerca de 12.30 escanteios/partida.
  2. Arsenal-Newcastle: A escolha se explica por conta do alto índice de escanteios em jogos do Arsenal na Premier League, com cerca de 12.44 escanteios/partida.
  3. Sassuolo-Parma: A escolha se explica por conta do alto índice de escanteios em jogos do Parma na Serie A, com cerca de 12.09 escanteios/partida.
  4. Hoffenheim-Wolfsburg: A escolha se explica por conta do alto índice de escanteios em jogos do Hoffenheim na Bundesliga alemã, com cerca de 11.71 escanteios/partida.
  5. Lugano-Young Boys: A escolha se explica por conta do alto índice de escanteios em jogos do Lugano na Super League suíça, com cerca de 11.48 escanteios/partida.
  6. River Plate-Banfield: A escolha se explica por conta do alto índice de escanteios em jogos do River Plate na Superliga Argentina, com cerca de 11.21 escanteios/partida.
  7. Benfica-Braga: A escolha se explica por conta do alto índice de escanteios em jogos do Benfica na Primeira Liga portuguesa, com cerca de 11.15 escanteios/partida.
  8. Zwolle-Feyenoord: A escolha se explica por conta do alto índice de escanteios em jogos do Zwolle na Eredivisie holandesa, com cerca de 11.32 escanteios/partida.
  9. Adelaide United-Central Coast Mariners: A escolha se explica por conta do alto índice de escanteios em jogos do Central Coast Mariners na A-League australiana, com cerca de 11.31 escanteios/partida.
  10. Sturm Graz-Mattersburg: A escolha se explica por conta do alto índice de escanteios em jogos do Mattersburg na Bundesliga austríaca, com cerca de 12.11 escanteios/partida.

ANYTIME

  1. Werner vs Werder Bremen: O vice-artilheiro da Bundesliga, com 20 gols, tem uma boa chance de além de dar a vitória ao seu RB Leipzig, aumentar seu número de gols diante da pior defesa do campeonato alemão, em um jogo em casa. 
  2. Cristiano Ronaldo vs Brescia: A marca de Cristiano pela Juventus segue firme, sendo favorito a manter a marca de 17 gols nos últimos 18 jogos, sendo em 11 jogos consecutivos no campeonato italiano, números que devem ser atualizados pra mais contra o Brescia.
  3. Caputo vs Parma: O artilheiro do Sassuolo na Serie A, com 11 gols, e que marcou nas duas últimas partidas, marcou 7 dos seus gols na liga no Mapei Stadium, casa dos neroverdì, e que pode aumentar bem o número de gols diante do Parma. 
  4. Aubameyang vs Newcastle: O artilheiro do Arsenal, e terceiro na lista dos maiores goleadores da Premier League, com 14 gols, marcou apenas 5 no Emirates Stadium, casa dos Gunners, e tem a boa oportunidade de voltar a marcar diante de um Newcastle irregular.
  5. Linssen vs Heerenveen: O artilheiro do Vitesse, com 12 gols, e que marcou 6 deles jogando em casa, recebe o Heerenveen, de defesa irregular. O forte ataque do Vitesse pode ajudar o holandês de 29 anos a marcar mais gols na partida.
  6. Salah vs Norwich: O craque egípcio do Liverpool marcou apenas 2 de seus 14 gols na atual Premier League longe de Anfield, porém, tem uma boa oportunidade de aumentar essa baixa marca diante da pior defesa do campeonato inglês.
  7. Benzema vs Celta: O artilheiro francês do Real Madrid e da Liga, com 13 gols, marcou 8 deles no Santiago Bernabéu, e tem boa oportunidade de aumentar a marca diante de um Celta que briga não cair e só venceu uma como visitante no campeonato.
  8. Ben Yedder vs Montpellier: O artilheiro do Monaco e da Ligue 1, com 16 gols, marcou 10 deles em impressionantes 10 jogos no Stade Louis II, onde recebe o Montpellier, que fora de casa não tem se acostumado a assustar adversários, com apenas 1 vitória em 12 jogos. 
  9. Piatek vs Paderborn: O atacante do Hertha tem boa chance de marcar seu primeiro gol como visitante, o seu segundo com a camisa do time da capital diante do Paderborn, que tem a terceira pior defesa do campeonato.
  10. Vinícius vs Braga: O artilheiro do Benfica e do Campeonato Português, com 14 gols, enfrenta um perigoso Braga no Estádio da Luz, onde já marcou 8 de seus gols na competição, e tem uma boa chance de marcar mais.