Nesta quinta-feira, as 21h30 (horário de Brasília), pela Copa Sul-Americana, tem uma partida que marca o primeiro duelo entre os argentinos do Independiente e os brasileiros do Fortaleza, realizada no Estádio Libertadores da América, em Avellaneda, na grande Buenos Aires, pela primeira fase da competição.

O Independiente de Lucas Pusineri vem de uma dolorida derrota no último clássico diante do Racing no domingo em que saiu atrás do marcador estando com dois homens a mais em campo. Em meio a isso, a uma crise financeira e a um protesto de torcedores após a derrota no clássico, o Rojo tenta seguir sua vida. Para o duelo, o time argentino não contará com o lateral Gastón Silva, que está lesionado. A formação oficial da equipe se configura no esquema 4–4–2 com variações para o 4–2–2–2, sem grandes mudanças em relação a equipe que perdeu o clássico.

O Fortaleza de Rogério Ceni vem rodando o elenco e buscando a melhor formação para entrar em campo no duelo na Argentina, que está indefinida. O treinador tricolor ainda não repetiu escalação na temporada e vem utilizando dois estilos de jogo: um com pontas mais velocistas (Osvaldo e Romarinho) investindo pelas laterais e um com centroavantes (com Wellington Paulista e Edson Cariús). Nos últimos jogos o Fortaleza tem apostado nos dois sistemas para promover a rotação de elenco tanto prezada por Ceni. O único desfalque do time de Rogério Ceni para o jogo de ida é o do atacante Ederson, com problemas na coxa.

Prováveis escalações:

Independiente: Campaña; Bustos, Franco Barreto, Sánchez Miño; Lucas Romero, Blanco, Braian Romero, Cecilio Domínguez; Fernández, Silvio Romero. T: Lucas Pusineri

Fortaleza: Felipe Alves; Gabriel Dias, Juan Quintero, Paulão, Bruno Melo; Felipe, Mariano Vázquez, Juninho, Romarinho; Wellington Paulista, Osvaldo (Edson Cariús). T: Rogério Ceni

Conclusão: Em todos os jogos do Fortaleza no ano de 2020, a marca de 2 gols ou mais (mais que 1.5) foi facilmente batida, marca que foi batida em dois dos quatro jogos do Independiente no ano, curiosamente ambos no Libertadores da América, casa do Rojo. Portanto, acreditamos que essa marca será batida nesta quinta-feira. 

TOP 5 DE FATOS SOBRE A PARTIDA

  • O Fortaleza ainda não perdeu na temporada 2020.
  • Será o primeiro confronto continental da história do Fortaleza.
  • Em 4 dos últimos 5 jogos do Independiente no Libertadores da América na temporada 2019–20, houve 2 gols ou mais (mais que 1.5).
  • Na história, em 33 jogos, o Independiente contra equipes brasileiras nos torneios continentais como mandante, teve 20 vitórias, 8 empates e 5 derrotas.
  • Desde a reinauguração do Estádio Libertadores da América e a demolição da velha estrutura do La Doble Visera, apenas um time brasileiro venceu o Independiente: o Corinthians, por 1–0, pela Libertadores de 2018. 

TRANSMISSÃO: DAZN

PREVISÃO DO SUPERJOGOS: Mais que 1.5 gols @ 1.50