Nesta segunda-feira, as 20h (horário de Brasília), em um Brinco de Ouro com portões fechados por conta da pandemia mundial, e da epidemia de coronavírus na cidade de Campinas, Guarani e Ponte Preta fazem o tradicional dérbi campineiro, como último jogo antes da suspensão do Campeonato Paulista. O Guarani está na vice-liderança do Grupo D, com 13 pontos, enquanto a Ponte Preta é lanterna do Grupo A, com 7 pontos. 

O Guarani de Thiago Carpini tem apenas o desfalque do meia Deivid, suspenso, Carpini conta com a volta de dois jogadores importantes: Bidu e Lucas Crispim foram liberados pelo departamento médico e estão à disposição. Apesar do mistério, com a preparação fora de Campinas (em Jaguariúna), a tendência é que Bidu seja titular, e Crispim fiqueno banco. Igor Henrique, em recuperação de lesão muscular na coxa esquerda, é dúvida, mas não deve ser relacionado. Em relação ao substituto de Deivid, Marcelo é o principal candidato a vaga, mas o treinador não descartou usar Bruno Silva de volante, abrindo espaço para Romércio na zaga. Ricardinho é outra opção.

A Ponte Preta de João Brigatti, assim como o rival, saiu de Campinas para se preparar e fez a preparação para o dérbi em Itu. A principal dúvida é se Brigatti vai manter o esquema adotado na última quinta-feira na Copa do Brasil: 4–4–2, com dois meias de criação e dois atacantes de referência. Como a resposta do time foi positiva, com uma boa vitória por 3–0, a tendência é que o técnico dê sequência à base titular. Uma mudança já é certa, com a volta do lateral-esquerdo Yuri, livre de suspenso, no lugar de Guilherme Lazaroni, suspenso por três cartões amarelos.

Prováveis escalações:

Guarani: Jefferson Paulino; Pablo, Bruno Silva, Leandro Almeida, Bidu; Marcelo, Lucas Abreu, Eduardo Pearson; Giovanny, Júnior Todinho; Rafael Costa. T: Thiago Carpini

Ponte Preta: Ivan; Jeferson, Alisson, Henrique Trevisan, Yuri; Dawhan, Bruno Reis; Vinícius Zanocelo, João Paulo; Alisson Safira, Roger. T: João Brigatti

Conclusão: Acreditamos em menos que 3 gols (menos que 2.5), devido a atual fase dos jogos do Guarani, em que nos últimos 5 jogos ocorreram 5 partidas com under 2.5, tendência que ocorreu em 3 dos últimos 4 clássicos entre Guarani e Ponte Preta.

TOP 5 DE FATOS SOBRE A PARTIDA

  • O Guarani não vence um Dérbi desde a semifinal do Paulistão de 2012, um dos maiores confrontos do clássico, quando venceu a Ponte por 3–1. Desde então, a Ponte Preta tem 6 jogos de invencibilidade.
  • Em um duelo de primeira fase do Paulistão, o Guarani não vence a Ponte Preta desde 2003 (vitória por 3–1 no Moisés Lucarelli). No Brinco de Ouro, desde 2001 pelo Paulistão (2–1).
  • Em 4 dos últimos 5 jogos da Ponte Preta na temporada houve 3 gols ou mais (mais que 2.5).
  • Nos últimos 5 jogos do Guarani na temporada houve menos que 3 gols (menos que 2.5).
  • O Guarani venceu apenas 1 dos últimos 4 jogos em casa no Paulistão.

TRANSMISSÃO: SporTV

PREVISÃO DO SUPERJOGOS: Menos que 2.5 gols @ 1.50